Na última semana efetuamos a implantação da ultima etapa do projeto do sistema de transporte de embalagens secundarias do abatedouro Rivelli localizado em Barbacena – MG, em parceria com a fabricante mundial de equipamentos para frigoríficos Sulmaq.

O sistema é constituído por 74 esteiras transportadoras do fabricante Sulmaq, que fazem o transporte de caixas em três andares do abatedouro (subsolo, térreo e primeiro piso).

No processo para unificação de todo o sistema em um único andar (térreo), o projeto possui 02 elevadores de caixas do fabricante Qimarox sendo um de subida de caixas e outro de descida de caixas e dois pontos de unificação 3/1.

Para a gestão das rotas de entrada do túnel (TRV) foram instalados 02 darbs do fabricante Intralox sendo um deles movimentação 2/1 e o outro 5/1.

O projeto em seu pleno funcionamento irá transportar 3000 caixas por hora, sendo que, estas serão identificadas em sua totalidade por código de barras (fabricante Cognex). Com base nos códigos o software GEMBA FOODS efetua o encaminhamento da caixa para uma das sete rotas possíveis.

Com a implantação desta funcionalidade o GEMBA FOODS monitora e controla, no abatedouro da Rivelli, todo o processo desde a entrada da ave na evisceração até o destino do produto acabado já na embalagem secundária.

Todo a gestão dos dispositivos de segurança (chave corda, botão de emergência e sensor de segurança) foi desenvolvida utilizando um PLC safety 1516F. Como todos os acionamentos do CCM desta etapa são partidas inteligentes, utilizamos a funcionalidade da rede profinet que é arquitetura PROFIsafe. Com a utilização desta tecnologia, otimizamos a possibilidade de alteração dos circuitos de segurança de cada subprocesso.

Todo o projeto elétrico, fornecimento do CCM com 100% dos acionamentos inteligentes (inversores G120 com comunicação profinet), fornecimento do hardware de controle (PLC S71516F), instalação de campo e o desenvolvimento do software dentro da plataforma GEMBA FOODS foi efetuado pela AGPR5.