PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

AGPR5 é especialista em Processos Batch

Você sabe o que é processo Batch?

Processamento batch, no contexto de sistemas operacionais, é um termo referente a um processamento de dados (é uma série de atividades executadas ordenadamente, que resultará em uma espécie de arranjo de informações, onde inicialmente são coletadas informações, ou dados, que passam por uma organização onde no final será o objetivo que o usuário ou sistema pretende utilizar) que ocorre através de um lote de tarefas enfileiradas, de modo que o sistema operacional só processa a próxima tarefa após o término completo da tarefa anterior.

 

Processamento batch é utilizado quando do tratamento de arquivos que contêm diversos registros, também conhecido como processamento por lote de dados. Este recurso é muito utilizado em sistemas distribuídos onde as aplicações de front-end tem restrições, seja de custos, de telecomunicações ou de arquitetura, para efetuar atualizações online/realtime nos sistemas centralizados. Opta-se por alimentar um banco de dados local durante o dia e envio de um arquivo sequencial contendo todos os registros para atualizações no período noturno nos sistemas centrais.

Os sistemas batch foram os primeiros tipos de sistemas operacionais multiprogramáveis a serem implementados na década de 1960. Os programas, também chamados de jobs, eram submetidos para execução através de cartões perfurados e armazenados em disco ou fita, onde aguardavam para serem processados. Posteriormente, em função da disponibilidade de espaço na memória principal, os jobs eram executados, produzindo uma saída em disco ou fita.

O processamento batch tem a característica de não exigir a interação do usuário com a aplicação. Todas as entradas e saídas de dados da aplicação são implementadas por algum tipo de memória secundária, geralmente arquivos em disco. Alguns exemplos de aplicações originalmente processadas em batch são programas envolvendo cálculos numéricos, compilações, ordenações, backups e todos aqueles onde não são necessários a interação com o usuário.

Esses sistemas, quando bem projetados, podem ser bastante eficientes, devido à melhor utilização do processador, entretanto, podem oferecer tempos de resposta longos. Atualmente, os sistemas operacionais implementam ou simulam o processamento batch, não existindo sistemas exclusivamente dedicados a este tipo de processamento.

Existem normas internacionais que regulamentam esse processo e a AGPR5 as segue desde 2004 em seus softwares, sendo ela:

ISA88, Batch Control

Escopo ISA88

Para fornecer diretrizes para o projeto e especificações dos sistemas de controle de lotes. Isso irá tirar (e complementar) os padrões existentes e as práticas recomendadas da ISA e de outras organizações. Os assuntos que serão considerados para inclusão por este comitê são:

1.Definir terminologia específica para sistemas de controle por lotes que incentivem a compreensão entre fabricantes e usuários.

2.Fornecer uma linguagem de controle de lote padrão de estrutura de dados para simplificar a programação, tarefas de configuração e comunicação entre os vários componentes do sistema.

3.Fornecer uma estrutura de dados padrão para sistemas de lote que simplificará a tarefa de comunicação de dados dentro da arquitetura do sistema.

4.Para determinar uma arquitetura de controle de lote padrão que define o modelo físico e o modelo funcional. O modelo físico é a estrutura hierárquica que relaciona equipamentos de controle e comunicações de dados necessários para as áreas físicas envolvidas no controle de lote. O modelo funcional mostra as relações entre os cinco tipos de controle: controle de receita, agendamento, controle seqüencial, controle regulatório e sistemas de bloqueio de segurança.

 

Segue alguns de nossos Sistemas que possuem controle de processo batch incorporado…

Gemba Mill
Controle de Processos em Fábricas de Rações;

Gemba Milk
Controle de Processos em Recebimento de Leite e laticínios;

Gemba Oil
Controle de Processos em Fábricas de Margarinas;

Gemba Cement
Controle de Processos para indústria de cimento;

Gemba Fertilazers
Controle de Processo para indústria de fertilizantes;

Gemba Coffee
Controle de Processos para indústria de café;

Gemba Foods
Controle de processos em abatredouros e fábricas de farinhas;

Gemba Poultry
Controle de Fomento de matrizes, incubatório e alojamento de frango de corte;

Gemba Batch
Controle de Dosagem de argamassas, fábricas de tintas, margarina, fábricas de bolacha ou alimentos em geral, indústria farmacêutica ou de costmético.

 

Escrito por:

Deixe seu comentário

Leia mais sobre: Gemba System Platform, Geração de Conhecimento, Geração de Valor

Por favor, preencha o formulário para entrarmos em contato

Ao clicar em "Enviar" você concorda com nossa Políticas de Privacidade.

Produtos