O Gemba MES Batch é uma plataforma MES (Sistema de Execução de Manufatura) destinada a automação, controle e gerenciamento de processos em bateladas.

   O Gemba MES Batch foi projetado para o controle, gerenciamento e rastreabilidade em automações de fábricas voltadas ao segmento de bateladas. Com ele é possível controlar desde a entrada do produto (recebimento), movimentação do produto dentro da fábrica (transilagem), dosagens, controle de lote, estoque até a expedição. Além de contar com vários recursos opcionais e customizados para garantir maior eficiência dos controles e processos produtivos.

   A solução foi projetada para atender as normas vigentes S88 e S095 que regulamentam os processos de bateladas, garantindo desta forma um controle rígido de rastreabilidade e de todo o ciclo que envolve o processo produtivo, fornecendo uma gama de informações operacionais e gerências.

Conheça alguns benefícios do Gemba MES Batch:

Melhoria da qualidade

Eficiência operacional

Melhor atendimento ao cliente

Redução dos custos

Aplicações:

  • Fabricas de concreto;
  • Fábricas de Fertilizantes;
  • Fábricas de Premix;
  • Indústrias de Alimentos;
  • Indústrias de Bebidas;
  • Indústria Farmacêutica;

Você sabe o que é processo Batch?

   Processamento batch, no contexto de sistemas operacionais, é um termo referente a um processamento de dados (é uma série de atividades executadas ordenadamente, que resultará em uma espécie de arranjo de informações, onde inicialmente são coletadas informações, ou dados, que passam por uma organização onde no final será o objetivo que o usuário ou sistema pretende utilizar) que ocorre através de um lote de tarefas enfileiradas, de modo que o sistema operacional só processa a próxima tarefa após o término completo da tarefa anterior.

   Processamento batch é utilizado quando do tratamento de arquivos que contêm diversos registros, também conhecido como processamento por lote de dados. Este recurso é muito utilizado em sistemas distribuídos onde as aplicações de front-end tem restrições, seja de custos, de telecomunicações ou de arquitetura, para efetuar atualizações online/realtime nos sistemas centralizados. Opta-se por alimentar um banco de dados local durante o dia e envio de um arquivo sequencial contendo todos os registros para atualizações no período noturno nos sistemas centrais.

   Todas as entradas e saídas de dados da aplicação são implementadas por algum tipo de memória secundária, geralmente arquivos em disco. Alguns exemplos de aplicações originalmente processadas em batch são programas envolvendo cálculos numéricos, compilações, ordenações, backups e todos aqueles onde não são necessários a interação com o usuário.

   Esses sistemas, quando bem projetados, podem ser bastante eficientes, devido à melhor utilização do processador, entretanto, podem oferecer tempos de resposta longos. Atualmente, os sistemas operacionais implementam ou simulam o processamento batch, não existindo sistemas exclusivamente dedicados a este tipo de processamento.

Fale com nossos especialistas e saiba como podemos ajudá-lo.

Outras Soluções Gemba MES:

Conheça Nossas Famílias de Produtos